banner

Que bicho vai dar ?

 

pauloAté o rei da Espanha apareceu nas notícias que circulam, há dias, sobre o jogo do bicho. O caso do rei é isolado e ocorrido lá nos cafundós da África, mas deu o que falar, pois o ilustre caçador, além de abater um imenso elefante, vinha, também, abatendo uma lebre germânica e, igualmente, nobre.

Por aqui, as coisas estão mais para Arca de Noé, em virtude das águas que estão nos afogando. O jogo do bicho foi criado pelo Barão de Drummond, que possuía um Jardim Zoológico em Vila Izabel, no Rio de Janeiro. O visitante, ao comprar seu ingresso, o recebia com o desenho de um bicho. Ao final do dia, o barão fazia um sorteio, e aqueles que possuíam o bicho do dia, recebiam um prêmio em dinheiro. A ideia foi um sucesso e salvou o barão da falência.

Os bichos eram poucos dentre as várias espécies; a conferir: 01 Avestruz, 02 Águia, 03 Burro, 04 Borboleta, 05 Cachorro, 06 Cabra, 07 Carneiro, 08 Camelo, 09 Cobra, 10 Coelho, 11 Cavalo, 12 Elefante, 13 Galo, 14 Gato, 15 Jacaré, 16 Leão, 17 Macaco, 18 Porco, 19 Pavão, 20 Peru, 21 Touro, 22 Tigre, 23 Urso, 24 Veado, 25 Vaca.

Como se vê, o Jardim Zoológico do Barão de Drummond estava mais para terreiro de fazenda, do que para o que hoje se conhece como Zoo. A presença do burro, da borboleta, do cachorro, da cabra, do coelho, do galo, do gato, do porco, do peru e da vaca reforça o argumento, e demonstra que, na verdade, as feras que hoje andam por aí estão sendo injustamente apontadas como participantes de malfeitos.

A onça verdadeira, pois que não pintada, que vagou nas proximidades do Congresso Nacional, não está descrita no rol do jogo o que é uma injustiça com a bela espécie, pois o que mais existe naquela instituição são os amigos da onça. Esses amigos, com o pretexto de apurar gatunagem do dinheiro público, estão se transformando em leões em defesa dos cofres abarrotados do Tesouro Nacional. A caçada já começou, e veremos jacarés nadando de costas e muito pavão se escondendo para não deixar o rabo preso e vistoso estampado nas manchetes dos jornais.

Avestruz é o não faltará durante as discussões para verificar quem é quem, apesar de estarem, os avestruzes, de modo geral, com a cabeça enfiada em buracos profundos. Burro, será difícil identificar, pois, naquela selva, não há ninguém que possa ser assim classificado. Por outro lado, não esquecer os veados; bichos lépidos e inteligentes vivem em manadas e se fortalecem para enfrentar tigres de papel que rugem forte, mas, na hora H, correm para não ser comidos. Os tigres não fazem muito sucesso nessa disputa por espaço.

E o porco? Vive chafurdando na lama que ele próprio cria e sai enlameando reputações. São os porcos os mais disfarçados de todos os animais. Nas propagandas, surgem limpinhos e rosados prometendo embutidos de alta qualidade; no entanto, ninguém sabe como são feitas as salsichas que os mostram moídos, nem a razão de serem servidos com uma maça ou, quem sabe, na falta dela, com uma laranja na boca.

As cobras são as mais perigosas. A Naja, com o seu porte elegante, encanta a todos à sua volta e escolhe a vítima com golpe certeiro. A Cascavel chega rastejando e aplica o seu golpe fatal numa fração de segundo, e é raro ser capturada numa ação de especialistas.

Já o cabrito é um dos mais interessantes. Quando descoberto praticando atos delituosos, disfarça e sai de fininho. Não berra! Ao contrário de seu parente, o carneiro; este parece manso, e está sempre disposto a encobrir alguém com a sua lã fofa.

O camelo é especial e pode, com sua paciência, ocupar qualquer espaço inóspito.  Suporta dias sem se alimentar ou beber água. É um verdadeiro guardião; no bom sentido.
Em momentos tensos, é fácil perceber quem são os coelhos. Basta tocar uma campainha que eles saem rápido do terreiro para não serem atacados pelos gaviões que rondam as concentrações de outros bichos. Gavião é perigosíssimo, pois é bem conceituado e, do alto, olha tudo com melhor visão.

No jogo do Barão de Drummond não havia tanto espaço como na Arca de Noé, mas, na nossa selva, outros bichos marcarão presença e poderão causar muitos embaraços, tais como os pintinhos que ainda não saíram da casca, os Louva-Deus, as baratas, os cupins e, finalmente, os tubarões; estes sim, os mais perigosos nas águas que irão rolar, levando muitas cabeças. 

modulo entrevista

UM DOCUMENTÁRIO VIVO

Ela esteve ausente até o ano passado, quando atuou na novela “Malhação”. A atriz Silvia Pfeifer vem à Brasília com um espetáculo imperdível sobre a história da cantora lírica Maria Callas. Dirigida por ninguém menos que Marília Pêra

modulo eleicoes

ESTABILIDADE NAS PESQUISAS

A última pesquisa divulgada a respeito das eleições presidenciais apontou um cenário de estabilidade em relação aos levantamentos anteriores. De acordo com Ibope/Rede Globo, a presidente Dilma Rousseff tem 38% das intenções de voto para outubro

modulo economia

FRACO DESEMPENHO

O ano de 2014 não tem sido positivo no que tange a economia brasileira, erodida com os baixos resultados de crescimento e expansão do Produto Interno Bruto (PIB). A equipe econômica da presidente Dilma Rousseff demorou... 

 modulo inter

REGIÕES COBERTAS PELA DISCÓRDIA

Os conflitos na Faixa de Gaza já completaram duas semanas. Um ataque vindo de Israel bombardeou um colégio da Organização das Nações Unidas (ONU), localizado em Beit Hanoun, que abrigava palestinos refugiados 

 

materias09

Um correção na inflação do valor de aluguéis realizada pelo Índice Geral de Preços- Mercado (IGP-M) apontou um resultado negativo de 0,13 ponto percentual, registrado no segundo período de julho, ficando em 0,51%. No mês anterior, no mesmo período, o valor registrado foi de 0,64% 

materias04

A nova fase da seleção brasileira de futebol não será tão nova assim. O técnico Dunga reassumiu o posto, sob críticas de torcedores e ex-jorgadores. Ele atuou entre 2006 e 2010 como o comandante da equipe e, aos 50 anos, está refazendo sua comissão técnica com parceiros que o ajudaram a vencer a Copa do Mundo em 1994 

modulo politicas

“O presidente Putin tem a direta responsabilidade de compelir os rebeldes a cooperarem com as investigações. É o mínimo que a decência exige”. Barack Obama, presidente dos EUA, sobre a queda do avião da Malasya Airlines. 

materias08

Confirmado pela impressa esportiva, o novo técnico da seleção brasileira será novamente o ex-jogador, Dunga.  A notícia não foi muito bem recebida entre os internautas. Famosos se manifestaram nas redes sociais e expuseram suas críticas 

Publicidade

Colunistas

Parceiros